top of page
  • Foto do escritorFisio Buco

Neuralgia do Trigêmeo

A dor neuropática é um tipo de dor crônica, que ocorre quando os nervos sensitivos do SNC (sistema nervoso central) e SNP (sistema nervoso periférico) são feridos ou danificados.


Atinge 10% da população. A dor neuropática é uma dor intensa, recorrente e incapacitante. Pode ser desencadeada por um estímulo ou não. Se apresenta como uma dor em agulhada, dormência, formigamento, queimação e choque. Pode levar a depressão e ao afastamento das atividades profissionais.


O trigêmeo é o principal nervo da face, é o quinto par de nervos cranianos. É um nervo misto pois tem ramos sensitivo e motor. Os ramos sensitivos são: oftálmico, maxilar e mandibular.


Na neuralgia do trigêmeo às áreas acometidas pela dor podem ser: frontal, maxilar e mandibular. O paciente pode ter acometimento em todas as áreas ou em uma delas, e geralmente a neuralgia acomete um dos lados da face.


As crises duram segundos a 2 minutos e pode ocorrer várias vezes ao dia. Falar, mastigar, uma brisa/vento e o toque (fazer a barba, escovar os dentes, coçar, etc.) podem desencadear uma crise, as mulheres são mais afetadas.


O diagnóstico e tratamento muitas vezes requer a atuação de uma equipe multidisciplinar composta por neurologista, dentista, psiquiatra, psicólogo, FISIOTERAPEUTA, nutricionista e fonoadiólogo. A dor neuropática tem tratamento.


O tratamento fisioterapêutico tem por objetivo diminuir a dor, promover o relaxamento muscular e melhorar a qualidade de vida do paciente.


Fonte: @fisio_anacarolina.valente

@fisioterapiabuco





留言


bottom of page